EUA: Nova-iorquinos manifestam-se a favor e contra a polícia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
EUA: Nova-iorquinos manifestam-se a favor e contra a polícia

<p>Dezenas de pessoas, entre elas, antigos membros das forças de segurança, saíram às ruas de Nova Iorque, para apoiar aos agentes da polícia.</p> <p>Os manifestantes, entoavam o slogan <a href="https://twitter.com/hashtag/bluelivesmatter" rel="external">Blue Lives Matter</a>, a vida dos polícias conta, em defesa desta classe pelo seu trabalho de risco e contra aqueles que criticam a sua atuação:</p> <p>“Não está certo. Estas pessoas querem um mundo sem polícias, sem lei. Vai transformar-se no faroeste. Isso não pode acontecer. Tenho uma filha de dois anos, em casa, e não quero estar sempre preocupado porque não há polícias, que é, exatamente, o que eles querem”, diz Walter Hillegass, um dos participantes nesta manifestação.</p> <p>Do outro lado da barricada decorria um outro protesto, contra as forças da ordem, sob o slogan <a href="https://twitter.com/hashtag/blacklivesmatter" rel="external">Black lives Matter</a>:</p> <p>“Com o slogan «A vida dos negros conta» aquilo que queremos dizer é que há uma supremacia dos brancos. Isso é claro. A polícia está a matar e tem a audácia de tentar usar slogans como esse. Acho que isso mostra que são ignorantes e racistas”, afirma Rodrigo Starz, um manifestante.</p> <p>“Não estamos contra a polícia de Nova Iorque mas contra os maus polícias que matam, sem justificação, jovens negros desarmados, eles têm de ser responsabilizados. Neste momento isso não está a acontecer e é, absolutamente, inaceitável”, adianta Diana Leary, outra manifestante.</p> <p>Há vários meses que os Estados Unidos vivem momentos de tensão. O caso que mais polémica gerou foi o assassinato de <a href="https://www.facebook.com/JusticeForMikeBrownFerguson" rel="external">Michael Brown</a>, um jovem de 18 anos, desarmado, morto por um polícia em Ferguson, no Missouri, em agosto.</p>