Última hora

Última hora

Vento e mar agitado dificultam operações de resgate no mar Adriático

As condições climatéricas estão a dificultar as operações de socorro das 478 pessoas a bordo do ferry que se incendiou esta madrugada no mar

Em leitura:

Vento e mar agitado dificultam operações de resgate no mar Adriático

Tamanho do texto Aa Aa

As condições climatéricas estão a dificultar as operações de socorro das 478 pessoas a bordo do ferry que se incendiou esta madrugada no mar Adriático.

Helicópteros italianos e embarcações gregas e italianas estão no local, mas o mar muito agitado e ventos fortes tornam muito complicada a missão de socorro.

Segundo o Ministério do Mar grego, entre os passageiros do ferry estão 268 gregos, sendo a tripulação constituída por 34 gregos e 22 italianos.

Fretado pela companhia grega AKAK, o Norman Atlantic fazia a ligação entre a ilha grega de Patras e o porto italiano de Ancona, quando a 33 milhas náuticas da pequena ilha grega de Othonoi se incendiou a garagem do barco, que transportava 198 veículos.

Segundo o ministro grego do Mar, Miltiadis Varvitsiotis, cerca de 150 pessoas deixaram o ferry numa chalupa de salvamento, mas o barco grego que tenta recuperá-las luta contra o mar agitado.

Um navio italiano está a tentar lançar outras embarcações de salvamento, mas o vento e o mar revolto impedem a aproximação.