Última hora

Última hora

Al-Qaida no Iémen reivindicou atentado contra Charlie Hebdo

Através de um vídeo divulgado na Internet a Al-Qaida no Iémen reivindicou, esta quarta-feira, o atentado terrorista da semana passada contra o

Em leitura:

Al-Qaida no Iémen reivindicou atentado contra Charlie Hebdo

Tamanho do texto Aa Aa

Através de um vídeo divulgado na Internet a Al-Qaida no Iémen reivindicou, esta quarta-feira, o atentado terrorista da semana passada contra o semanário satírico francês Charlie Hebdo.

No mesmo vídeo um dirigente da Al-Qaida na península arábica refere ainda que a operação foi realizada por ordem do emir general Ayman al-Zawahiri, em “conformidade com a vontade póstuma de Usama bin Laden”.

Na passada quarta-feira os irmãos Said e Cherif Kouachi, encapuzados e armados, entraram no Charlie Hebdo e mataram 12 pessoas.

Dois dias depois, em fuga, Said e Cherif foram mortos por forças de elite francesas à saida de uma gráfica, em Dammartin-en-Goële, onde se tinham barricado.

Recorde-se que no dia 9, também num vídeo difundido na Internet, um responsável religioso da Al-Qaida na península arábica ameaçou a França com novos ataques.