Última hora

Última hora

Papa nas Filipinas: "Porque choram as crianças?"

Terá sido a maior missa de sempre nas Filipinas com uma estimada afluência de seis milhões de pessoas em Manila, de acordo com as autoridades. O sol

Em leitura:

Papa nas Filipinas: "Porque choram as crianças?"

Tamanho do texto Aa Aa

Terá sido a maior missa de sempre nas Filipinas com uma estimada afluência de seis milhões de pessoas em Manila, de acordo com as autoridades.

O sol não abençoou o Papa na homilia do último dia no país, pelo contrário a chuva causou contrariedades a Francisco durante quase toda a visita, mas mesmo assim milhões não deixaram de assistir aos eventos do Papa.

O Sumo Pontífice apelou às pessoas para “evitarem as estruturas sociais do país que perpetuam a pobreza, a ignorância e a corrupção”.

Antes, uma maré humana marcou presença num encontro de Francisco com juventude na Universidade Católica.

Um momento emotivo para o Papa. Em lágrimas, uma menina de 12 anos, abandonada, perguntou ao Sumo Pontífice porque é que os pais abandonam os filhos.

O líder católico explicou. “Prestem atenção. Ela hoje colocou uma questão para a qual não há resposta. E não foram suficientes as palavras, ela precisou dizer com lágrimas. Coloco, então, uma grande pergunta a todos, porque sofrem as crianças, porque sofrem as crianças?”

Há países onde as crianças sofrem mais do que noutras regiões. As Nações Unidas estimam que 1 milhão e duzentas mil crianças vivem nas ruas das Filipinas, 35 por cento do total nacional estão na pobreza.

O Papa deixa o maior país católico asiático na segunda-feira, o final de um périplo que também o levou ao Sri Lanka.