Última hora

Última hora

Artista italiano pinta animais nas mãos

Em leitura:

Artista italiano pinta animais nas mãos

Tamanho do texto Aa Aa

O italiano Guido Daniele encontrou uma forma original de chamar a atenção para as espécies em vias de extinção. O artista de 64 anos realiza pinturas

O italiano Guido Daniele encontrou uma forma original de chamar a atenção para as espécies em vias de extinção.

Point of view

A ideia de pintar um animal na mão significa 'dar a mão' ao animal, ajudar a proteger os animais. Temos de ser positivos. Os artistas têm a possibilidade de passar uma mensagem graças à arte. A minha mensagem é a necessidade de proteger a natureza.

O artista de 64 anos realiza pinturas de animais em mãos humanas. As obras são depois fotografadas. As fotografias podem agora ser contempladas em Nova Iorque. A exposição chama-se Handimals, junção das palavras mão e animal.

“A ideia de colocar um animal na mão significa ‘dar a mão’ ao animal, ajudar a proteger os animais. Temos de ser positivos. Os artistas têm a possibilidade de passar uma mensagem graças à arte. A minha mensagem é a necessidade de proteger a natureza e de não a destruir. Por isso faço pesquisa e envio a minha mensagem, não posso fazer mais nada”, contou o artista milanês.

Uma pintura pode representar um dia inteiro de trabalho.
Depois de pintada, a mão é fotografada, o que permite prolongar o ciclo de vida de uma obra efémera por natureza.

Como se trata de pintar o corpo humano, é necessário usar tintas especiais sem elementos tóxicos.

Uso tintas de maquilhagem, como no teatro japonês, são cores naturais, um pó que se mistura com água sem cola. As tintas resistem apenas algumas horas por isso é necessário terminar a obra num dia. Até os trabalhos mais complicados devem ser pintados em seis, oito, no máximo dez horas, depois disso é preciso fotografar e o dia chega ao fim”, explicou o artista.

A exposição reúne 24 fotografias e encontra-se aberta público até 25 de janeiro, no Rockefeller Center, em Nova Iorque.