Última hora

Última hora

Antiterrorismo: registo da identidade dos passageiros aéreos é essencial

Um sistema europeu de registo da identidade dos passageiros aéreos é uma medida essencial na luta antiterrorismo, consideraram os ministros do Interior e da Justiça da União Europeia, reunidos, esta q

Em leitura:

Antiterrorismo: registo da identidade dos passageiros aéreos é essencial

Tamanho do texto Aa Aa

Um sistema europeu de registo da identidade dos passageiros aéreos é uma medida essencial na luta antiterrorismo, consideraram os ministros do Interior e da Justiça da União Europeia, reunidos, esta quinta-feira, em Riga.

Point of view

O objetivo é implementar este mecanismo, agora tão necessário, depois de obter um compromisso com os eurodeputados, de forma a garantir-lhes a proteção da privacidade dos dados pessoais.

Face a algumas reservas expressas no passado pelo Parlamento Europeu, o governante francês, Bernard Cazeneuve, disse que “o objetivo é implementar este mecanismo, agora tão necessário, depois de obter um compromisso com os eurodeputados, de forma a garantir-lhes a proteção da privacidade dos dados pessoais.”

A livre circulação de pessoas no interior dos 28 países da União não deverá ser posta em causa, mas os ministros querem aumentar o controlo nas fronteiras externas, que dão acesso a essa zona, conhecida por espaço Schengen.

O governante espanhol, Jorge Fernández Díaz, realçou que “há um enorme consenso em favor dessa medida proposta pelo coordenador europeu da luta antiterrorismo já que todos percebemos que existe um alto nível de ameaça”.

A enviada da euronews a Riga, Margherita Sforza, acrescenta que “reforçar as fronteiras externas e introduzir controlos sistemáticos vai obrigar a um aumento dos funcionários e à instalação de melhor tecnologia em todos os aeroportos que permitem o acesso à zona Schengen. A França já anunciou um aumento do pessoal de segurança, mas temos que esperar para ver se outros países vão seguir esse exemplo”.