Última hora

Última hora

Mais de 2000 migrantes socorridos no Mediterrâneo

Mais de dois mil migrantes foram recolhidos pela guarda costeira italiana e por navios de carga, entre a Líbia e Lampedusa.

Em leitura:

Mais de 2000 migrantes socorridos no Mediterrâneo

Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma das maiores operações de sempre de salvamento de migrantes no Mediterrâneo. A guarda costeira italiana socorreu mais de 2100 pessoas, entre a costa da Líbia e a ilha de Lampedusa.

Os candidatos à imigração viajavam em 12 barcos sem quaisquer condições.

A operação de salvamento, a poucas dezenas de milhas náuticas da costa da Líbia, foi um trabalho conjunto da guarda costeira e da polícia fiscal italiana. Vários navios de carga participaram também.

O caos que se está a viver na Líbia está a fazer com que este país seja cada vez mais a porta de saída de muitos migrantes africanos, na maioria da África sub-saariana, que se aventuram no Mediterrâneo em busca de uma vida melhor na Europa. São, muitas vezes, vítimas de passadores que procuram enriquecer desta forma.