Última hora

Última hora

Quanto custa, de facto, a dívida grega?

Até agora, quanto é que a dívida grega custou aos contribuintes europeus? É a questão de uma cidadã irlandesa a que responde o economista belga

Em leitura:

Quanto custa, de facto, a dívida grega?

Tamanho do texto Aa Aa

Até agora, quanto é que a dívida grega custou aos contribuintes europeus?

É a questão de uma cidadã irlandesa a que responde o economista belga, Gregory Claeys, nesta edição de UTalk.

“Até ao momento a dívida grega não teve qualquer custo para os contribuintes europeus. A razão para isto é o facto de a ajuda fornecida por cada parceiro europeu à Grécia ter sido financiada por empréstimos e, basicamente, os parceiros europeus têm estado a ir buscar dinheiro ao mercado financeiro para emprestar à Grécia. Alguns até tem tido lucros nesses empréstimos, porque os juros que cobram à Grécia são maiores do que os que pagam no mercado.

Outra questão que nos podemos colocar a nós próprios é o que aconteceria se a Grécia declarasse a banca rota? Nesse caso, o custo seria de cerca de 600 euros por cidadão e seria diferentes de país para país, porque os países participaram de forma diferente em função do Produto Interno Bruto (PIB) e da população.

Por exemplo poderia custar mil euros a um luxemburguês e menos de75 euros para um irlandês”.

Deixe a sua questão UTalk . Basta clicar aqui: