Última hora

Última hora

EUA e Cuba regressam à mesa das negociações

A segunda ronda negocial com vista ao restabelecimento das relações diplomáticas entre Cuba e os Estados Unidos arranca esta sexta-feira, em

Em leitura:

EUA e Cuba regressam à mesa das negociações

Tamanho do texto Aa Aa

A segunda ronda negocial com vista ao restabelecimento das relações diplomáticas entre Cuba e os Estados Unidos arranca esta sexta-feira, em Washington, prolongando o início do diálogo histórico.

Quebrado o gelo, em dezembro, representantes dos dois países vão reunir-se, à porta fechada, no Departamento de Estado norte-americano, para discutir “matérias relacionadas com a reabertura de embaixadas, incluindo as funções dos diplomatas” nos respetivos Estados.

“É o segundo passo rumo a uma relação diplomática para reabrir embaixadas e manter o contacto e cooperação em algumas áreas de interesse nacional para os Estados Unidos como o combate ao tráfico de droga e ao terrorismo, a questão da segurança e o setor marítimo”, explica o analista Ted Piccone.

Se tudo correr como previsto, o objetivo de reabrir as embaixadas poderá concretizar-se na primavera.

O diálogo entre Havana e Washington surge depois de os líderes norte-americano e cubano terem anunciado em simultâneo, a 17 de dezembro de 2014, uma aproximação histórica.

A boa-nova, pelo menos para alguns, tornou-se conhecida após meses de negociações secretas entre os dois países, sob a égide do Vaticano e do Canadá.