Última hora

Última hora

Tikrit revela aliança inesperada entre EUA e Irão

A batalha por Tikrit “levanta o véu” sobre a improvável aliança entre os Estados Unidos e o Irão na luta contra os extremistas do Estado Islâmico. No

Em leitura:

Tikrit revela aliança inesperada entre EUA e Irão

Tamanho do texto Aa Aa

A batalha por Tikrit “levanta o véu” sobre a improvável aliança entre os Estados Unidos e o Irão na luta contra os extremistas do Estado Islâmico.

No terceiro dia da vasta ofensiva, as forças iraquianas apoiadas por tribos sunitas e milícias xiitas iranianas tentam cercar os “jihadistas” que controlam a cidade.

General norte-americano felicita Irão

Numa rara declaração por parte de um responsável norte-americano, o general Martin Dempsey admitiu que o papel do Irão pode ser “positivo” e que os combatentes iranianos constituem dois terços dos efetivos na batalha por Tikrit.

Segunda maior cidade nas mãos dos extremistas, Tikrit é vital do ponto de vista estratégico para a reconquista do norte do Iraque e, em particular, do bastião do Estado Islâmico, em Mossul.

EUA na retaguarda

De acordo com várias fontes, o próprio general Qasem Soleimani – que dirige a força de elite al-Quds, da Guarda Revolucionária do Irão – participa na ofensiva.

A maior intervenção iraniana no Iraque desde 2004 levou os Estados Unidos a ficar na retaguarda. Bagdade não pediu a ajuda de Washington para a ofensiva em Tikrit e a aviação norte-americana tem, assim, bombardeado outros pontos do Iraque e da vizinha Síria.