Última hora

Última hora

EUA: Morte em véspera do 50° aniversário do "Domingo Sangrento"

Um jovem negro de 19 anos, aparentemente desarmado foi baleado, sexta-feira, pela polícia, em Madison, no Estado do Wisconsin, nos Estados Unidos da

Em leitura:

EUA: Morte em véspera do 50° aniversário do "Domingo Sangrento"

Tamanho do texto Aa Aa

Um jovem negro de 19 anos, aparentemente desarmado foi baleado, sexta-feira, pela polícia, em Madison, no Estado do Wisconsin, nos Estados Unidos da América.

De acordo com as autoridades, a polícia deslocou-se ao apartamento do homem, depois de ter recebido uma queixa por distúrbios.

Depois de forçar a entrada, os agentes envolveram-se em confrontos com o suspeito. O jovem foi baleado pela polícia e acabou por morrer.

Esta morte ocorre numa altura em que as forças de segurança norte-americanas estão sob pressão devido à violência policial contra as minorias étnicas.

Este sábado, mais a sul, em Selma, no Alabama, assinalam-se os 50 anos do “Domingo Sangrento”, uma marcha pacífica, de cerca de 600 manifestantes, que se deslocava de Selma para Montgomery para reivindicar pleno direito ao voto para ao população negra do Estado.

Os manifestantes acabaram por ser violentamente atacados pela polícia.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama vai estar presente na cerimónia acompanhado pela família. O antigo presidente, George W. Bush marca também presença.