Última hora

Última hora

Homenagem aos soldados britânicos caídos no Afeganistão

A rainha Isabel II de Inglaterra assistiu com os familiares dos soldados britânicos mortos no Afeganistão, durante uma cerimónia de homenagem

Em leitura:

Homenagem aos soldados britânicos caídos no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A rainha Isabel II de Inglaterra assistiu com os familiares dos soldados britânicos mortos no Afeganistão, durante uma cerimónia de homenagem celebrada na catedral de S. Paulo, em Londres.

Este ato assinala o fim de 13 anos de intervenção militar britânica no Afeganistão.

Entre os presentes esteve Tony Blair, primeiro-ministro em 2001 quando o Reino Unido participou na coligação liderada pelos Estados Unidos que invadiu o Afeganistão e derrubou o governo Talibã.

David Cameron e membros da Família Real também participaram na homenagem.

Depois da cerimónia foi feita uma parada militar no centro de Londres, sobrevoada por aviões e helicópteros que participaram na campanha afegã.

A Grã-Bretanha perdeu 453 homens e mulheres dos 140 mil que estiveram ao serviço naquele país.