Última hora

Última hora

A arte de rua impõe-se na Arábia Saudita

Em leitura:

A arte de rua impõe-se na Arábia Saudita

Tamanho do texto Aa Aa

Na Arábia Suadita a arte de rua está a crescer. A cidade de Jeddah, na costa do Mar Vermelho, foi o local escolhido para apresentar “Inner Voices”

Na Arábia Suadita a arte de rua está a crescer. A cidade de Jeddah, na costa do Mar Vermelho, foi o local escolhido para apresentar “Inner Voices”, uma exposição que reúne alguns dos artistas mais talentosos destas paragens, um processo que não foi fácil:

“Alguns dos artistas são anónimos, outros não. E a maioria deles vem da Arábia Saudita. Quando começámos o processo foi um quebra-cabeças tentar perceber como fazê-lo, porque alguns são anónimos com é que íamos encontrá-los? Escrevemos a outros “bloggers” que tinham algum contacto com alguns deles e conseguimos os seus e-mails”, explica Raneem Zaki, curadora e organizadora da mostra.

Fazer arte de rua, a chamada arte de intervenção urbana, não é bem visto pelas autoridades locais que temem as suas consequências.

Mas, para os organizadores da exposição, ela só tem aspetos positivos até porque mostra uma nova realidade:

“O que achei interessante, durante a preparação do evento, foi aperceber-me que quase metade dos artistas são mulheres. Mulheres que se vestem de uma forma mais masculina e que saem à noite com as suas latas de tinta, com um ou dois amigos, para vigiarem, enquanto elas, rápida mas cuidadosamente, fazem o seu trabalho. Eles têm que fugir rapidamente”, adianta Aya Alireza, curadora da exposição.

Se a arte de rua é, por si só, uma arte ainda marginal a sua importância cresce, neste contexto, quando se pensa que na Arábia Saudita os direitos das mulheres são, extremamente, limitado e, ainda assim, há quem ouse expressar-se, por exemplo, através desta forma de arte.