Última hora

Última hora

Iémen: Arábia Saudita ataca palácio presidencial em Aden

Ofensiva saudita contra o Iémen dura há mais de duas semanas. O objetivo seria alegadamente deter o avanço das milícias Houthi.

Em leitura:

Iémen: Arábia Saudita ataca palácio presidencial em Aden

Tamanho do texto Aa Aa

No Iémen, aviões de guerra sauditas atacaram este domingo o Palácio Presidencial localizado na zona de Al-Mashiq na cidade de Aden.

O palácio é controlado por forças militares leais ao antigo presidente Saleh e pelas milícias Houthis, aliadas ao Irão.

A ofensiva saudita contra o Iémen dura há mais de duas semanas. O objetivo seria deter o avanço das milícias em direção à cidade de Aden, no sul do país.

Na frente diplomática as tensões voltaram a subir. O ministro saudita dos negócios estrangeiros, Saud al-Faisal, condenou a interferência iraniana no conflito.

“Como é que o Irão pode apelar ao fim da ofensiva? Os combates sucedem-se no Iémen há mais de um ano. Enquanto Saleh ocupava a presidência, houve mais de 30 ataques envolvendo Houthis e o exército de Saleh”, afirmou o alto funcionário, em Riade, na presença do seu homólogo francês, Laurent Fabius.

Ainda este domingo, no Paquistão, mais de duas centenas de ativistas radicais sunitas protestaram em Islamabad contra uma resolução aprovada pelo parlamento paquistanês que votou a favor da não intervenção no Iémen.

A decisão de não intervir no Iémen destruiu as esperanças sauditas relativas à aquisição de aliados fora da região.