Última hora

Última hora

Sudão: oposição boicota eleições

As eleições no Sudão estão a ser boicotadas pelos principais partidos da oposição. Em causa a candidatura de Omar al-Bashir a um novo mandato na

Em leitura:

Sudão: oposição boicota eleições

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições no Sudão estão a ser boicotadas pelos principais partidos da oposição.

Em causa a candidatura de Omar al-Bashir a um novo mandato na presidência do país.

No poder há 26 anos, a vitória do homem acusado de genocído pelo Tribunal Penal Internacional é dada como praticamente certa.

Durante três dias cerca de 13 milhões de eleitores são chamados às urnas para escolher o próximo chefe de Estado e para votar nas eleições legislativas e regionais.

Os resultados devem ser conhecidas a 27 de abril.

Estas eleições são as segundas multipartidárias desde que al-Bashir chegou ao poder através um golpe militar e as primeiras -presidenciais e legislativas – desde a separação. Em 2011, o Sudão do sul tornou-se um país independente depois de cerca de 98 por cento dos eleitores se terem manifestado em referendo, a favor da separação no norte.