Última hora

Última hora

Kris Meek garante vitória no Rali da Argentina enquanto Valentino Rossi soma e segue em MotoGP

A esperança de Sebastien Ogier ganhar o Rali da Argentina saíram frustradas, na sexta-feira, quando sofreu uma falha mecânica. Com o atual líder fora

Em leitura:

Kris Meek garante vitória no Rali da Argentina enquanto Valentino Rossi soma e segue em MotoGP

Tamanho do texto Aa Aa

A esperança de Sebastien Ogier ganhar o Rali da Argentina saíram frustradas, na sexta-feira, quando sofreu uma falha mecânica. Com o atual líder fora de competição na América do Sul, vamos ver quem aproveitou a situação.

Kris Meeke venceu o Rally da Argentina e tornou-se no primeiro piloto britânico a conseguir uma vitória no Campeonato do Mundo de Rallys desde que o falecido Colin McRae venceu, no Quénia há 13 anos. Um prémio que o piloto dedicou ao escocês que morreu num acidente de helicóptero em 2007.

O norte-irlandês terminou a prova na Argentina com pouco mais de 18 segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipa Mads Ostberg.

Elfyn Evans conseguiu o terceiro lugar, depois da avaria do Volkswagen do finlandês Jari-Matti Latvala. A prova ficou ainda marcada por incidentes com Mickelsen e Neville.

O Mundial prossegue com o Rali de Portugal, de 21 a 24 de maio, ao qual ao Ogier chega com uma vantagem superior a 30 pontos em relação a Ostberg.

Miki Biasion uma lenda dos ralis

A lenda dos ralis, @MikiBiasion1, fez as manchetes na década de 80, ao vencer os campeonatos italiano e europeu, e os seus triunfos no mundo dos ralis sucederam-se. Vamos regressar a 1986, ao Rali da Argentina, que viu o italiano garantir a sua primeira vitória no WRC.

Massimo Biasion nasceu em Itália em 1958. Aos 22 anos iniciou a sua carreira nos ralis, em Itália. Com o seu Lancia venceu o campeonato europeu e italiano em 1983. Três anos depois assinou contrato com a equipa oficial da marca italiana. No mesmo ano conseguiu a primeira vitória no mundial na Argentina uma temporada marcada pela tragédia. O seu colega de equipa, Henri Toivonen e o navegador Sérgio Cresto, morreram, num acidente, no Rali da Córsega.

Biasion continuou imparável. Venceu o Campeonato Mundial de Ralis em 1988 e 1989, tornando-se o segundo piloto a defender, com sucesso, o título.

O renascimento de Valentino Rossi

Após três corridas, Valentino Rossi (@ValeYellow46) enviou uma mensagem forte aos seus rivais, e parece ser o homem a abater. O corredor, de 36 anos, que estava a pensar abandonar no final da temporada de 2014, já contabilizou duas vitórias e pode estar a caminho da coroação no MotoGP, a oitava se mantiver o seu nível atual.

Valentino Rossi soma e segue. O nove vezes campeão mundial de MotoGP, abriu a temporada 2015 da modalidade em grande estilo, com uma vitória emocionante para a Yamaha no Catar. O sonho do italiano continuou com um pódio suado no Grande Prémio das Américas e uma vitória emocionante na Argentina. Uma conquista conseguida em parte devido à sua audácia mas também à sorte com a queda de Marc Marquez quase no final da prova.

Rossi tem agora uma vantagem de seis pontos sobre Dovizioso no Campeonato do Mundo de MotoGP, e está 30 pontos à frente daquele que era o mais provável candidato ao título na classe rainha, o oitavo, neste caso, Marc Marquez.