This content is not available in your region

Reino Unido: está tudo em aberto nas eleições legislativas

Access to the comments Comentários
De  Lurdes Duro Pereira  com Reuters, AFP
Reino Unido: está tudo em aberto nas eleições legislativas

<p>A semana das eleições legislativas, apenas os líderes de três dos principais partidos políticos britânicos – conservadores, trabalhistas e liberais democratas – foram convidados para participar num programa televisivo e responder às dúvidas do eleitorado.</p> <p>Muitos já criticaram a decisão da estação de televisão pública britânica que deixou de fora Nigel Farage, Natalie Bennett e Nicola Sturgeon.</p> <p>De acordo com as últimas sondagens, muitos eleitores continuam indecisos e tanto os trabalhistas, liderados por Ed Miliband, como os conservadores, encabeçados por David Cameron, podem vencer as eleições.</p> <p>O escrutínio vai ser acompanhado de perto por Bruxelas já que em jogo está, também, a permanência do Reino Unido na União Europeia.</p> <p>Miliband defende a continuidade, Cameron um referendo em 2017. </p> <p>A saída da União Europeia vai, certamente, dominar o tempo de antena dado, entretanto, pela <span class="caps">BBC</span> ao líder do <span class="caps">UKIP</span>, Partido da Independência do Reino Unido depois da queixa apresentada contra a estação.</p> <p>Os votos da Escócia podem ser decisivos nas eleições agendadas para sete de maio. Uma sondagem publicada por uma televisão local revela que o <span class="caps">SNP</span>, Partido Nacional Escocês pode conquistar todos os assentos disponíveis em Westminster.</p>