Última hora

Última hora

Filipinas: Explosão seguida de incêndio numa fábrica faz 72 mortos

A tragédia aconteceu quarta-feira. As vítimas ficaram presas no andar de cima. O país debate agora os problemas da segurança no trabalho

Em leitura:

Filipinas: Explosão seguida de incêndio numa fábrica faz 72 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Uma explosão seguida de incêndio na fábrica de calçado da Kentex, em Valenzuela, nos arredores da capital das Filipinas, fez 72 mortos. Trabalhavam no edifício mais de 200 pessoas. Pelo menos 30 das que conseguiram escapar com vida tiveram de receber assistência hospitalar.




“Houve uma explosão e um grande fogo. Fugimos rapidamente para as saídas de emergência, mas alguns dos nossos colegas do andar de cima não sabiam do fogo no rés-do-chão, por isso não conseguiram sair a tempo. Ficaram presos. Penso que eram 70”, contou uma das funcionárias da fábrica, que conseguiu escapar à tragédia.

“Estávamos todos muito confusos. Toda a gente estava em pânico. Eu consegui saltar para fora (da fábrica) e depois outros seguiram-me. Saltei sobre o fogo. Fiquei com o cabelo queimado”, relatou Jun Panalo, outro operário, que terá saltado desde o segundo andar.

O fogo terá começado após faíscas de uma máquina terem inflamado produtos químicos à entrada do edifício. Seguiu-se uma explosão e as chamas foram galopantes até ao consumar a tragédia.




Estava a contar que quando visse o corpo da minha filha, a conseguisse reconhecer, mas quando vi os restos mortais dela, não consegui. Nenhum pai consegue reconhecer um filho apenas pelos ossos queimados
Dionisio Candido perdeu a filha neste incêndio.

Uma missa foi já realizada, esta quinta-feira, pelas vítimas da tragédia de Valenzuela.




A tragédia levou já as autoridades filipinas a levantar um inquérito às condições de segurança na fábrica. Uma discussão que deverá ser alargada a todo o setor laboral no país.




“O alto número de vítimas deste inferno indica uma completa falha nos protocolos de segurança exigidos às indústrias. Alguma coisa tem de estar mal desenhada se dezenas de pessoas não conseguem escapar numa situação de emergência”, apontou Renato Magtubo, do Partido dos Trabalhadores (Manggagawa), citado pela agência de notícias asiática UCA, acrescentando: “O que é anormal é que como este tipo de estabelecimentos passam nos critérios de segurança estabelecidos pelo Governo.”



Alguém vai ser responsabilizado por estas mortes. Não interessa se foi um acidente, morreram pessoas
Chefe da polícia nacional das Filipinas, Leonardo Espina.


TASK FORCE CHARLIE, i've seen and heard the actual explosion before, late morning over looking from our house. we've gone there sa mismong site ng nsusunog and have taken this actual video knina lng, up to this moment malaki p rn po ang usok. Video taken and uploaded by: Ivy Joyce Milan-Brito Agbu UNTV – Your Public Service Channel UNTV 37

Posted by Ivy Joyce Milan-Brito Agbu on Tuesday, May 12, 2015