Última hora

Última hora

Nepal: Primeiro-ministro "resgata" sobrevivente de sismo por entre críticas à atuação do governo

Criticado pela resposta tardia ao terramoto, o primeiro-ministro nepalês visitou, esta quinta-feira, a zona mais afetada pelos sismos das últimas

Em leitura:

Nepal: Primeiro-ministro "resgata" sobrevivente de sismo por entre críticas à atuação do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Criticado pela resposta tardia ao terramoto, o primeiro-ministro nepalês visitou, esta quinta-feira, a zona mais afetada pelos sismos das últimas semanas.

Sushil Koirala deslocou-se à cidade de Charikot, no distrito de Dolakha, nas montanhas dos Himalaias, onde dezenas de pessoas faleceram na sequência da derrocada de centenas de casas.

Duas pessoas foram resgatadas hoje dos destroços após a violenta réplica de terça-feira, mas na ausência de equipas de resgate, uma das vítimas teve que ser evacuada no helicóptero do primeiro-ministro.

No terreno, as operações de distribuição de víveres e de resgate de dezenas de milhares de feridos coincidem com as buscas por um helicóptero norte-americano desaparecido há dois dias no noroeste do país.

Na capital, o receio de um novo terramoto levou milhares a abandonar a cidade ou a pernoitar ao relento.

Um residente afirma, “antes do sismo de 25 de abril eu não tinha medo, mas depois da réplica de dia 12, o receio aumenta e começo a ficar muito assustado”.

Desde meados de Abril que as dezenas de sismos e réplicas provocaram mais de oito mil mortos e dezenas de milhares de feridos, atrasando a chegada de mantimentos e víveres às zonas mais remotas do país.