Última hora

Última hora

Terceira Flotilha da Liberdade rumo a Gaza

Uma nova e pacífica iniciativa da sociedade civil, agindo em nome da solidariedade com o povo palestiniano, desafia o bloqueio israelita a Gaza, que

Em leitura:

Terceira Flotilha da Liberdade rumo a Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Uma nova e pacífica iniciativa da sociedade civil, agindo em nome da solidariedade com o povo palestiniano, desafia o bloqueio israelita a Gaza, que dura há oito anos.

“Todos os partidos da direita israelita demonstraram agressividade contra nós, que é a evidência de que a iniciativa flotilha coloca o caso de Gaza nas agendas assim como o sofrimento que Israel impõe. Esperamos que o caso volte a dar a volta ao mundo”.

Israel advertiu o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que não deseja um “confronto” com membros de uma nova flotilha internacional com destino a Gaza, mas “que está determinado a manter o bloqueio naval “.

Os participantes na frota estão por isso preparados para resistir segundo os princípios da não-violência.

“É muito importante o uso de resistência no espírito da não-violência, para não lhes dar nenhum pretexto para usar a violência contra nós. Se usarem a violência, são eles que violam a lei, não nós”.

Esta é a terceira tentativa após o violento assalto em 2010 ao navio “Mavi Marvara” que causou a morte de nove ativistas de nacionalidade turca.

O enviado da Euronews comenta: “Os organizadores não informaram sobre a rota sabendo que Israel usará muita pressão sobre os governos europeus para sabotarem a viagem e não permitirem que a flotilha chegue a Gaza. Israel considera que os ativistas desejam lutar contra os israelitas. Por outro lado os ativista dizem que o objetivo da flotilha é acabar com o bloqueio por via pacífica, a fim de permitir a liberdade de comércio e ajudar o povo palestiniano “.