Última hora

Última hora

Baku2015: Portugal enfrenta Rússia nas "meias" do futebol de praia

No 14.° e antepenúltimo dia de competição nos jogos Europeus, a delegação lusa ficou longe das medalhas. Só no judo, Ana Cachola ainda lutou pelo bronze, mas perdeu o combate decisivo com a número 2 d

Em leitura:

Baku2015: Portugal enfrenta Rússia nas "meias" do futebol de praia

Tamanho do texto Aa Aa

Portugal venceu esta sexta-feira o Azerbaijão por 6-4, em jogo da terceira jornada do grupo A do torneio de futebol de praia dos Jogos Europeus, que decorrem em Baku. O triunfo assegurou à equipa nacional a vitória no grupo.


Três golos de João Saraiva, dois golos de José Maria Fonseca e um de Bruno Torres permitiram a Portugal assegurar o triunfo no jogo e no grupo, num encontro em que a equipa azeri, treinada pelo português José Miguel, ainda esteve a vencer por 3-1.

Com o apuramento para as meias-finais dos I Jogos Europeus já garantido, a Seleção Nacional de futebol praia disputa o…

Posted by Seleções de Portugal on Sexta-feira, 26 de Junho de 2015

Nas meias-finais, a disputar este sábado, Portugal vai defrontar a Rússia, segunda classificada no grupo B e atual campeã do Mundo, enquanto a Itália, que ficou à frente dos russos, defronta a Suíça, segunda no grupo de Portugal.

No judo, Ana Cachola falhou a medalha de bronze ao perder com as duas líderes do “ranking” mundial. A portuguesa, 53.ª da hierarquia mundial, eliminou em -63 kg a inglesa Alice Schlesinger (19.ª), por “yuko”, e a russa Marta Labazina (17.ª), por “ippon”, a pontuação máxima e que termina o combate de imediato.

Depois, perdeu para a francesa Clarisse Agbegnenou, líder mundial, por “ippon”, seguindo-se triunfo com três “yuko” sobre a austríaca Kathrin Unterwurzacher (4.ª), antes de cair, no combate decisivo, frente à segunda do mundo, a israelita Yarden Gerb, por “yuko”, a pontuação mínima.

Os restantes judocas — André Alves e Jorge Fernandes em -73 kg e Diogo Lima e Carlos Luz em -81 kg — estiveram bem mais discretos.

Na natação, que funciona como Europeus de juniores, Portugal conquistou três meias-finais, com Gabriel Lopes a ser 16.º nos 50 costas, o mesmo lugar de Madalena Azevedo nos 200 estilos, enquanto o melhor desempenho pertenceu a Raquel Pereira, com o 13.º nos 100 metros mariposa. No BMX, André Martins foi 27.º em contrarrelógio e na prova eliminatória de “race”, numa competição que juntou 30 ciclistas.

Portugal contabiliza nove medalhas nesta primeira edição dos Jogos Europeus, após as conquistas de ouro de Telma Monteiro (-57kg) no judo, Rui Bragança (-58 kg) no taekwondo e no ténis de mesa por equipas (Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Geraldo).

A prata surgiu com João Silva no triatlo, João Costa no tiro e Fernando Pimenta em K1 1.000 e 5.000 metros na canoagem, enquanto Júlio Ferreira (-80 kg) no taekwondo e a dupla Beatriz Martins/Ana Rente nos trampolins sincronizados amealharam bronze.

Rússia caminha para as 150 medalhas

A Rússia prossegue o seu intenso domínio nestes Jogos Europeus. Neste antepenúltimo dia de competição em Baku, a delegação russa arrecadou 10 das 23 medalhas de ouro em disputa.

É, de longe, o país que mais se envolveu na competição a decorrer na capital do Azerbaijão e aponta mesmo para a meta das 150 medalhas — soma já 139: 69 de ouro, 34 de prata e 36 de bronze.

A supremacia russa passa não só pelas modalidades tradicionais mas também pelas mais novas, como o basquetebol 3×3, em que triunfou tanto em masculinos como femininos.

O judo, em que Portugal lutou por um dos bronzes, por Ana Cachola (- 63kg), foi exceção, já que não se registaram medalhados de ouro russos, nas seis finais.

A alemã Martyna Trajdos (-63 kg), a holandesa Kim Polling (-70 kg), a ucraniana Inna Cherniak (-57 kg, cegas), o azeri Ilham Zakyrev (+90 kg, cegos), o israelita Sagi Muki (-73 kg) e o georgiano Avtandi Tchrikishvili (-81 kg) são os novos campeões europeus.


Na natação, o programa de sete finais do dia encerrou com o triunfo dos russos nos 4×100 estilos, misto, imediatamente após o russo Filipp Shopin ganhar os 50 metros costas.

O hino russo ouviu-se na piscina do Centro Aquático de Baku também com as vitórias de Mariia Kameneva nos 50 metros livres; Arina Openysheva, nos 200 metros livres; e Polina Egorova, nos 100 metros mariposa.


O francês Nicolas D’Oriano, que já tinha ganho os 1.500 metros, foi também o melhor nos 800 metros livres, enquanto que o britânico Luke Greenbank triunfou nos 200 metros costas.

A Rússia venceu as duas categorias femininas em disputa no boxe: 60-64 kg para Anastasia Beliakova e 51-54 kg para Elena Saveleva. Mas deixou fugir as três medalhas de ouro masculinas.

O britânico Joe Joyce ganhou na categoria mais pesada, os +91 kg, enquanto que os azeris triunfaram nos +64 kg, com Collazo Sotomayor, e +52 kg, com Elvin Mamishazde.


As nações tradicionais da esgrima venceram os três títulos coletivos do dia: a Rússia no florete feminino, a Itália no sabre masculino e a Roménia na espada feminina.