This content is not available in your region

Atentado de Sousse "mata" época balnear na Tunísia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Atentado de Sousse "mata" época balnear na Tunísia

<p>A Tunísia vive um ambiente de fim de época balnear após o atentado de sexta-feira, quando o país teme pelo futuro do seu setor turístico. </p> <p>Várias agências de viagem começaram a repatriar milhares de turistas estrangeiros, este sábado, ao mesmo tempo que as autoridades do país oferecem a possibilidade de anular ou adiar reservas sem custos adicionais. </p> <p>Na praia de Sousse, onde 38 turistas foram abatidos por um homem armado, um tunisino não esconde a dôr, mas também o desespero:</p> <p>“Mataram o setor turístico na Tunísia, está morto. A nossa economia está numa situação péssima, de que é que vamos viver? Nós dependemos dos turistas, cerca de 4 mil pessoas aqui de Soussa trabalham no setor. Estão totalmente perdidas”.</p> <p>Uma turista francesa não esconde o receio:</p> <p>“Sim tenho medo. Estou casada com um tunisino e estamos de férias há quatro dias e assistimos a todo o ataque de sexta-feira”.</p> <p>Entre as vítimas mortais do ataque, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico, encontram-se pelo menos 15 britânicos, para lá de alemães, belgas, uma mulher irlandesa e outra de nacionalidade portuguesa.</p> <p>A Tunísia anunciou já o reforço da segurança nas áreas turísticas, integrado num pacote de medidas antiterroristas que incluem ainda o encerramento de 80 mesquitas ilegais associadas a movimentos ilegais como os islamitas do grupo Ansar-Al-Sharia, próximos da Al-Qaida.</p>