Última hora

Última hora

Grécia: "Voto contra propostas europeias é voto para sair do euro"

“Um voto dos gregos contra a proposta dos credores internacionais é um voto contra a permanência no Euro”, as palavras são do vice-chanceler e

Em leitura:

Grécia: "Voto contra propostas europeias é voto para sair do euro"

Tamanho do texto Aa Aa

“Um voto dos gregos contra a proposta dos credores internacionais é um voto contra a permanência no Euro”, as palavras são do vice-chanceler e ministro da economia alemão Sigmar Gabriel, que esteve em conferência de imprensa com Angela Merkel.

A chefe de governo deixa a porta aberta a Atenas, mesmo depois da consulta popular.

“Tornámos claro que se o governo grego quiser mais negociações depois do referendo, nós não vamos dizer que não”, anuciou Angela Merkel.

Já o presidente francês, François Hollande, pede aos gregos para voltarem às negociações afirmando que um acordo ainda é possível, mas depois tudo pode mudar.

“Foi uma decisão lamentável da Grécia, de interromper negociações, porque estávamos muito próximos de um acordo. A Grécia também decidiu consultar o seu povo através de um referendo. Sobre essa questão, digo que é uma escolha soberana – é democracia. É um direito do povo grego dizer o que pretendem para o futuro”, declarou Hollande, em Paris.

Com os bancos gregos encerrados e com a Grécia no centro das atenções do mundo, o ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, comenta.