Última hora

Última hora

Grécia: Tsakalotos assume pasta das Finanças

É a nova cara das negociações entre Atenas e os credores internacionais: Euclides Tsakalotos substituiu o tão carismático, como polémico, Yanis

Em leitura:

Grécia: Tsakalotos assume pasta das Finanças

Tamanho do texto Aa Aa

É a nova cara das negociações entre Atenas e os credores internacionais: Euclides Tsakalotos substituiu o tão carismático, como polémico, Yanis Varoufakis como ministro das Finanças do governo grego.

Um dia depois da vitória incontestável do “Não” no referendo convocado pelo primeiro-ministro Alexis Tsipras, a mudança de rosto pretende dar um novo fôlego ao diálogo.

Mas, como frisou Varoufakis na passagem de testemunho, “em termos da abordagem filosófica das questões políticas”, ele e Tsakalotos têm “algo mais em comum: ambos desprezam a falta de argumentos que normalmente se traduz por: ‘será feito assim, pois é assim que tem sido feito até agora’”.

O novo responsável das Finanças reconheceu, por seu lado, um certo receio e “ansiedade”, ao assumir o cargo “num momento que não é dos mais fáceis para a história da Grécia”. Mas disse esperar “ter o talento para completar esta árdua tarefa”.

Se o rosto de Tsakalotos era, até ontem, pouco conhecido do público, não o era por parte dos credores internacionais, já que o novo ministro liderava, desde abril, a equipa de negociadores de Atenas.

A correspondente da euronews, Symela Touchtidou, sublinha que a saída de cena de Varoufakis “põe fim à era de um dos mais populares, mas também controversos, ministros das Finanças da Grécia”.