Última hora

Última hora

França: Tetraplégico em estado vegetativo mantido em vida

Os médicos de Vincent Lambert, tetraplégico em estado vegetativo, decidiram não parar as máquinas de apoio vital. O caso divide a família do francês

Em leitura:

França: Tetraplégico em estado vegetativo mantido em vida

Tamanho do texto Aa Aa

Os médicos de Vincent Lambert, tetraplégico em estado vegetativo, decidiram não parar as máquinas de apoio vital. O caso divide a família do francês de 38 anos e arrasta-se nos tribunais. Os médicos sentiram-se ameaçados e entregaram novamente o caso à justiça uma vez que não podiam tomar uma decisão de forma serena, embora o Conselho de Estado e o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem se tenham pronunciado pelo fim da alimentação e hidratação artificial.

A mulher de Vincent Lambert sente-se destroçada com a decisão dos médicos porque pensava que a decisão do tribunal europeu seria respeitada.

Já a mãe refere que se os médicos recorrem novamente à justiça é porque querem proteger o filho, logo reconhecem que permanece vivo.

Vincent Lambert encontra-se nesta condição na sequência de um acidente de viação em 2008. A guerra jurídica entre os pais, católicos fervorosos, e a mulher e parte da família relançou o debate sobre a eutanásia em França.

A ordem dos médicos e a ministra da saúde apoiam a equipa médica que, sublinha Marisol Touraine, agiu desta forma por razões de segurança.