Última hora

Última hora

Arábia Saudita: ISIL reivindica atentado que mata 17 pessoas em mesquita

Uma atentado suícida provocou esta quinta-feira, na Arábia Saudita, a morte de pelo menos 17 pessoas. Já reivindicado pelo grupo Estado

Em leitura:

Arábia Saudita: ISIL reivindica atentado que mata 17 pessoas em mesquita

Tamanho do texto Aa Aa

Uma atentado suícida provocou esta quinta-feira, na Arábia Saudita, a morte de pelo menos 17 pessoas. Já reivindicado pelo grupo Estado Islâmico(ISIL, na sigla inglesa), o ataque aconteceu no interior de uma mesquita, o principal alvo dos “jihadistas” no território saudita.

O alvo estava dentro de um complexo de forças de segurança, na cidade de Abha, na província de Asir, no sudoeste do país, próximo do Iémen. O número de feridos não foi avançado, mas poderá andar na casa das dezenas. Entre os mortos, a maior parte seriam elementos das forças de segurança.



Imagens entretanto divulgadas pela estação de televisão Al Arabya mostram a visita ao hospital do Emir da província de Asir. Antes de visitar os feridos, o príncipe Faisal bin Khalid já teria estado no local do ataque. Vás pessoas rumaram igualmente ao hospital para doar sangue e ajudar os feridos.



Este atentado acontece pouco mais de dois meses após dois outros também em mesquitas xiitas da Arábia Saudita, reivindicados igualmente pelo ISIL e nos quais morreram 25 pessoas. No mês passado, um outro atentado assumido pelo mesmo grupo “jihadista”, mas no Kuweit, matou outras 27 pessoas também numa mesquita.