Última hora

Última hora

Sissi: Egito cumpriu em "tempo recorde" promessa do novo Canal de Suez

O Egito inaugurou esta quinta-feira, com pompa e circunstância, o novo Canal de Suez. O projeto de mais de 7 mil milhões de euros foi completado em

Em leitura:

Sissi: Egito cumpriu em "tempo recorde" promessa do novo Canal de Suez

Tamanho do texto Aa Aa

O Egito inaugurou esta quinta-feira, com pompa e circunstância, o novo Canal de Suez.

O projeto de mais de 7 mil milhões de euros foi completado em apenas um ano, em vez dos três inicialmente previstos, sob ordem do presidente Abdel Fatah al-Sissi, que dirigiu as festividades na presença de vários dignitários estrangeiros.

O chefe de Estado aproveitou a ocasião para fazer um apelo ao patriotismo e reafirmar o compromisso do regime com a luta contra o terrorismo.

Sissi sublinhou que os trabalhos de extensão e construção da nova via do Canal de Suez não decorreram “em circunstâncias normais”, mas o Egito “prometeu um presente ao mundo e cumpriu num tempo recorde”.

O presidente acrescentou que “a História recordará que o Egito enfrentou a mais perigosa das ideologias extremistas que, se tivesse conseguido pôr as mãos nestas terras, as teria destruído completamente”.

A expansão do canal é central nos planos do governo para reavivar a economia egípcia e fortalecer a imagem de Sissi, que chegou ao poder há dois anos, depois de destituir o presidente eleito Mohamed Morsi, apoiado pela Irmandade Muçulmana.