Última hora

Última hora

Curdos manifestam-se na Europa contra a guerra de Ancara ao PKK

Os curdos saíram às ruas de algumas cidades europeias para gritar “Não à Guerra!” Em Paris, como em Bruxelas, os participantes contaram-se às

Em leitura:

Curdos manifestam-se na Europa contra a guerra de Ancara ao PKK

Tamanho do texto Aa Aa

Os curdos saíram às ruas de algumas cidades europeias para gritar “Não à Guerra!” Em Paris, como em Bruxelas, os participantes contaram-se às centenas. A diáspora curda apela aos dirigentes Ocidentais para travarem Ancara e ajudarem a pôr fim à guerra que se começa a desenhar no leste da Turquia.

“A Turquia tem de mudar e acabar com esta política anticurda que esconde as outras ameaças que existem na região, como o autoproclamado Estado Islâmico. Trata-se de um travão para a paz no Médio Oriente, para a paz na Turquia e para todos os povos que vivem na Turquia” – acusa o representante do Conselho Democrático do Curdistão em Paris, Yekbun Eksen.

Em Colónia, na Alemanha, a concentração juntou alguns milhares de pessoas.

“Nós não queremos uma guerra entre a Turquia e os curdos. Nós não queremos uma guerra, é por isso que aqui estamos” – explica uma manifestante.

Desde o atentado que fez três dezenas de mortos em Suruç, no dia 20 de julho, que o governo de Ancara e os guerrilheiros do PKK entraram numa escalada da violência.