Última hora

Última hora

Haiti: Eleições marcadas pela violência

A tensão cresce no Haiti, depois das eleições legislativas, de domingo. Crescem as queixas de fraude, manipulação e perseguição política. Duas

Em leitura:

Haiti: Eleições marcadas pela violência

Tamanho do texto Aa Aa

A tensão cresce no Haiti, depois das eleições legislativas, de domingo.

Crescem as queixas de fraude, manipulação e perseguição política.

Duas pessoas morreram durante o escrutínio, marcado por incidentes violentos que causaram o encerramento antecipado de 30 mesas de voto.

A polícia anunciou ter detido detido mais de 130 pessoas.

“Temos testemunhas a afirmar que não houve eleições mas sim uma seleção. As pessoas estão a ser escolhidas por um conselho eleitoral que está a ser manipulado pelo poder executivo. Vimos pessoas a sair para votar mas infelizmente, quando lá chegaram descobriram que os seus votos já tinham sido preenchidos”, assegurou o candidato ao senado, Odelince Pierre.

As eleições de domingo foram as primeiras, no Haiti, desde que Michel Martelly assumiu a presidência, em maio de 2011.

A chefe da Missão de Observação da União Europeia, no Haiti, Elena Valenciano, afirmou que o país deu o primeiro passo rumo à renovação da democracia.

A segunda volta das legislativas está prevista outubro.