Última hora

Última hora

Iraque: Minoria Yazidi sem esperança no futuro

O povo Yazidi olha para o futuro sem esperança. Há um ano milhares de pessoas foram obrigadas a fugir das suas terras ancestrais, nas montanhas de

Em leitura:

Iraque: Minoria Yazidi sem esperança no futuro

Tamanho do texto Aa Aa

O povo Yazidi olha para o futuro sem esperança. Há um ano milhares de pessoas foram obrigadas a fugir das suas terras ancestrais, nas montanhas de Sinjar, devido ao avanço e à barbárie do autoproclamado Estado Islâmico.

No campo de refugiados de Dohuk, um dos sete no norte do Iraque, vivem 18 mil pessoas.

“Nós só queremos voltar a casa, não queremos estar dependentes dos outros” – diz um pai de família. “Não suportamos mais esta situação. Não queremos ficar aqui para o resto das nossas vidas.”

As atrocidades a que foram submetidos os elementos desta minoria religiosa ligada ao zoroastrismo desencadearam os primeiros bombardeamentos aéreos americanos contra o grupo terrorista que ocupa parte do Iraque e da Síria.

A comunidade de cerca de um milhão de pessoas foi vítima de assassinatos, torturas, violações e escravatura sexual, conversões religiosas forçadas e raptos de crianças.