Última hora

Última hora

China: Autoridades temem possível contaminação da região de Tianjin

As homenagens às vítimas da explosão de Tianjin na China repetem-se. Esta terça-feira aconteceram no porto da cidade do norte do país. Os barcos

Em leitura:

China: Autoridades temem possível contaminação da região de Tianjin

Tamanho do texto Aa Aa

As homenagens às vítimas da explosão de Tianjin na China repetem-se.
Esta terça-feira aconteceram no porto da cidade do norte do país. Os barcos fizeram ouvir-se numa altura em que começam a ser retomadas as atividades portuárias.

Mais difícil é o regresso à normalidade da vida dos residentes da região. Quase uma semana depois, as atenções estão centradas nas possíveis contaminações. As chuvas que se registaram nas últimas horas aumentaram as preocupações em relação às reações químicas com o cianeto que se encontra na zona onde ocorreram as explosões, ou que este se disperse.

Entretanto, o Ministério de Segurança Pública da China confirmou que o armazém no porto da cidade de Tianjin, onde na passada quarta-feira ocorreram as enormes explosões, continha pelo menos 3.000 toneladas de cerca de 40 produtos químicos perigosos. Entre elas, 800 eram de nitrato de amónio, 700 de cianeto de sódio e outras 500 de nitrato de potássio.

Em relação aos níveis de segurança Bao Jingling engenheiro de Departamento Ambiental de Tianjin revelou, em conferência de imprensa que, no total foram inspecionados 29 espaços com cianeto. Dessesm 8 ultrapassaram os níveis considerados seguros e todos estavam no espaço onde ocorreram as explosões. Um deles tinha 28 vezes a quantidade considerada segura”.

Recorde-se que na passada quarta-feira à noite a enorme explosão em contentores de armazenamento de químicos provocou, até agora 114 mortos, 70 desaparecidos e 700 feridos. O Tribunal Supremo Chinês já está a investigar o que terá estado na origem deste acidente.