Última hora

Última hora

Mundial de Astana 2015: Telma Monteiro em 7.° em dia de finais de "sol nascente"

Telma Monteiro acabou em 7.° a prestação nos mundiais de judo que estão a decorrer em Astana, no Cazaquistão. A recém-campeã europeia e vice-campeã

Em leitura:

Mundial de Astana 2015: Telma Monteiro em 7.° em dia de finais de "sol nascente"

Tamanho do texto Aa Aa

Telma Monteiro acabou em 7.° a prestação nos mundiais de judo que estão a decorrer em Astana, no Cazaquistão. A recém-campeã europeia e vice-campeã do mundo foi eliminada a caminho das meias-finais de -57kg pela francesa Automne Pavia, medalha de bronze olímpica em Londres.

Foi o sexto duelo entre a portuguesa e a francesa e, pela quarta vez, o triunfo foi de Pavia, que fez valer o poder físico para controlar o erro cometido logo de início por Telma Monteiro e assegurar o triunfo.

A portuguesa foi repescada para lutar pelo bronze com Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, mas acabou desqualificada, por indicação dos juízes de mesa, após recurso a vídeo. “Depois de estar a fazer uma competição de grande nível, perdi o combate que me dava acesso à luta pelo 3.º lugar com uma expulsão muito injusta! Talvez por ser de um país ‘pequeno’, talvez por não ser atleta de umas daquelas potências do judo mundial”, desabafou Telma Monteiro no Facebook.

A final feminina da categoria colocou frente-a-frente a japonesa Kaori Matsumoto e a romena Corina Caprioriu. Foi a repetição da final olímpica de Londres e mais uma vez o triunfo nipónico. Matsumoto venceu por “waza-ari”, com um preciso “ko-soto-gari.”

No quadro masculino, em -73kg, a final foi 100 por cento japonesa. Frente-a-frente, o campeão do mundo de 2013, Shohei Ono, e o campeão em título, Riki Nakaya. Ono foi o mais forte.

Tal como a compatriota Kaori Matsumoto, o japonês conseguiu um decisivo “ko-soto-gari” e venceu o compatriota por “waza-ari”. Nesta categoria de -73kg competiram também dois portugueses. André Alves e Jorge Fernandes acabaram eliminados logo à segunda ronda.