Última hora

Última hora

Refugiados: Situação "explosiva" em Lesbos

A pequena ilha grega tem 85.000 habitantes e estima-se que acolha, atualmente, entre 15.000 e 17.000 refugiados

Em leitura:

Refugiados: Situação "explosiva" em Lesbos

Tamanho do texto Aa Aa

Com Lesbos em situação de emergência, o governo grego conta acelerar a transferência de migrantes da ilha para Atenas e deslocar, durante a semana, 12 mil pessoas para a capital.

Point of view

O governo grego não criou um sistema que facilite a atribuição de documentos. É preciso lutar, empurrar, quase morrer - Nader, refugiado sírio

Lesbos tem 85 mil habitantes e estima-se que acolha, atualmente, entre 15 mil e 17 mil refugiados.

A Grécia diz que precisa de ajuda humanitária da União Europeia, e os imigrantes que já chegaram a Atenas, esses, queixam-se das dificuldades de registo.

“Não sei quantas pessoas, mas pelo menos umas seis mil precisam de papéis. Mas o governo não criou um sistema que facilite a atribuição de documentos. É preciso lutar, empurrar, quase morrer”, explica Nader, que se apresenta como refugiado sírio.

Durante a noite, os migrantes envolveram em confrontos com a polícia quando centenas de refugiados ainda não registados tentaram embarcar à força num dos navios fretados pelo governo.

O ministro da Política Migratória; Yannis Mouzalas, fala mesmo de uma situação “explosiva”.

Tanto mais que a extrema-direita é contra os imigrantes e convocou mesmo uma manifestação para esta segunda-feira.