Última hora

Última hora

Milhares de mexicanos manifestam-se nas ruas pelos 43 estudantes desaparecidos

Dezenas de milhares de mexicanos vieram para rua, este sábado, para assinalar o primeiro aniversário sobre o desaparecimento de 43 professores

Em leitura:

Milhares de mexicanos manifestam-se nas ruas pelos 43 estudantes desaparecidos

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de mexicanos vieram para rua, este sábado, para assinalar o primeiro aniversário sobre o desaparecimento de 43 professores estagiários.

As manifestações, que atingiram grande dimensão e intensidade na Cidade do México fizeram aumentar a pressão sobre o presidente Enrique Pena Nieto para que esclareça o caso.

Um caso que coloca em evidência falhas profundas no sistema de Justiça do México.

Os mexicanos não aceitam a versão oficial que os estudantes teriam sido raptados por polícias corruptos e posteriormente entregues a traficantes de droga que os teriam massacrado.

Uma investigação internacional já considerou que a investigação do governo foi desleixada e está cheia de buracos.

Na capital do Estado de Guerrero, onde aconteceu o massacre, milhares de pessoas, entre as quais parentes e familiares das vítimas, vieram para a rua pedir justiça.

O ex procurador-geral do México, Jesus Murillo Karam, já afirmou que quem deu a ordem para atacar os estudantes foi o antigo presidente do município de Iguala.