Última hora

Última hora

Jovens na Cisjordânia protestam pela Mesquita de Al-Aqsa

As interdições decididas por Israel estão a provocar tumultos de jovens um pouco por toda a Cisjordânia.

Em leitura:

Jovens na Cisjordânia protestam pela Mesquita de Al-Aqsa

Tamanho do texto Aa Aa

A violência voltou à Cisjordânia, com novos confrontos entre o exército israelita e manifestantes palestinianos.

Na origem das manifestações estão os problemas em torno da mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém. Os israelitas limitaram o acesso à mesquita, depois de recentes confrontos. Os palestinianos exigem ter o controlo deste local sagrado.

Agora, os homens muçulmanos só podem entrar na mesquita se tiverem mais de 50 anos, o que está a causar a ira da Autoridade Palestiniana.

A tensão religiosa entre judeus e muçulmanos intensificou-se nos últimos dias, altura de festejos importantes para as duas religiões.

Em Ramallah, capital administrativa da Autoridade Palestiniana, grupos de jovens lançaram pedras contra elementos do Tsahal, que ripostaram com disparos de balas de borracha.

As escaramuças, que não provocaram feridos, repetiram-se em Hebron e em Belém.

Recentemente, a polícia israelita prendeu 12 palestinianos que participavam em protestos junto à mesquita. Desde que os confrontos religiosos recomeçaram, em meados deste mês, já foram presos cerca de cem palestinianos.