Última hora

Última hora

Ex-Pink Floyd Roger Waters critica Bon Jovi por concerto em Telavive

Em leitura:

Ex-Pink Floyd Roger Waters critica Bon Jovi por concerto em Telavive

Tamanho do texto Aa Aa

Os Bon Jovi têm marcado para este sánado um concerto em Telavive, Israel. Roger Waters, o antigo membro dos Pink Floyd é um apoiante da campanha BDS (boicote, desinvestimento e sanções) contra Israel e em defesa dos palestinianos em Gaza e na Cisjordânia. Nessa condição e depois de ler uma entrevista do líder do grupo norte-americano a uma revista israelita, o músico britânico publicou no através da revista digital Salon uma carta aberta dirigida a Jon Bon Jovi e outros membros do grupo.

Waters acusa os Bon Jovi de, ao avançarem com o concerto em Israel, se colocaram “lado a lado com o colono que queimou um bebé, com o condutor da escavadeira que esmagou Rachel Corrie, com o soldado que estilhaçou a tiro os pés de um futebolista, com o marinheiro que bombardeou os rapazes na praia”. A missiva do músico britânico surge em resposta a uma entrevista de Jon Bon Jovi à revista de fim de semana do jornal israelita Yediot Aharonot, na qual o norte-americano se referiu à campanha anti-Israel de Waters.


(“Querido Jon Bon Jovi:
Roger Waters arrasa a decisão do ‘rocker’ de atuar em Telavive, num exclusivo da Salon”)

“Sim, ouvi falar (da campanha), mas isso não me interessa. Disse aos meus representantes para lhe darem uma simples resposta: a de que eu vou a Israel e de que estou muito entusiasmado por ir”, afirmou Bon Jovi à publicação isaelita. O grupo, entretanto, já chegou a Israel.