Última hora

Última hora

Qual deve ser a idade mínima de um manequim?

Em leitura:

Qual deve ser a idade mínima de um manequim?

Tamanho do texto Aa Aa

Aos 14 anos, Sofia Mechetner desfilou pela Dior na Semana da Moda de Paris. A presença de adolescentes nas passarelas tem suscitado debate em vários

Aos 14 anos, Sofia Mechetner desfilou pela Dior na Semana da Moda de Paris. A presença de adolescentes nas passarelas tem suscitado debate em vários países. Qual deve ser a idade mínima de um manequim?

Point of view

As pessoas olham muito para nós e há deceções. Não é fácil, sobretudo aos 14 e aos 16 anos. Aos 18 anos, temos mais experiência. No meu caso, senti-me pronto aos 21 ou 22 anos.

“Estou preparada e não estou sozinha. Há pessoas que me acompanham. Tratam-me bem. Dão-me tudo o que eu peço e ajudam-me. O facto de eu ter 14 anos não é um problema”, disse a jovem israelita.

O novo rosto da Dior cresceu no seio de uma família pobre.

“Antes, ela trabalhava nas limpezas com a mãe. Se não é demasiado jovem para as limpezas porque será demasiado jovem para desfilar?”, considerou Rotem Gur, agente de Sofia Mechetner.

A Chanel recrutou uma jovem de 16 anos, Lily-Rose Depp, a filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis. Karl Lagerfeld não tem problemas de consciência.

“O público gosta de manequins jovens, mesmo as pessoas mais velhas identificam-se com elas. A moda tem a ver com o presente. Sou um oportunista mas não isso não é negativo, é apenas o negócio da moda”, sublinhou o diretor artístico da marca de luxo francesa.

As modelos jovens não são uma realidade recente. Kate Moss começou a carreira aos 14 anos e Naomi Campbell aos 15. Há quem tente alterar as regras. Por exemplo, em Londres e em Nova Iorque, algumas instituições só recrutam modelos a partir dos 16 anos.

Todos os estilistas convidados para a semana da moda de Londres sabem que as modelos têm de ter pelo menos 16 anos. Trabalhamos com as agências. Quando um jovem começa a trabalhar pela primeira vez, há pessoas que o ajudam”, afirmou Caroline Rush, diretora do British Fashion Council.

Para alguns estilistas, a grande questão não é a idade mas a saúde. A indústria da moda tem sido acusada de promover a anorexia ao apresentar manequins com peso abaixo do normal.

“Penso que é importante não encorajar as jovens a serem demasiado magras, é uma questão de saúde. Quanto à idade, queremos modelos a partir dos 16 anos e queremos que eles comam”, sublinhou a estilista Diane Von Furstenberg.

Este ano, a França aprovou uma lei que proíbe manequins demasiado magras. Mas a modelo francesa Aymeline Valade alega que a magreza facilita o trabalho dos estilistas.

“Eles não têm tempo para adaptar as roupas ao corpo das mulheres com curvas. São precisas 24 horas para compor um visual. Mas, no caso de uma mulher sem curvas, as roupas caem sempre bem”, considerou a manequim francesa.

Muitas manequins adultas pensam que é necessário impor regras em termos de idade.

“As pessoas só deveriam começar a trabalhar nas passarelas aos 18 anos. Foi a idade em que comecei. A Burbery ajudou-me muito porque eu era modelo exclusiva da marca. Estava sempre com eles. Imagine se tivesse de viajar sozinha? Seria demasiada pressão”, disse a manequim Neelam Gill.

“As pessoas olham muito para nós e há deceções. Não é fácil, sobretudo aos 14 e aos 16 anos. Aos 18 anos, temos mais experiência. No meu caso senti-me pronto aos 21 ou 22 anos”, disse o manequim David Gandy.

Há quem diga que a indústria da moda é o reflexo de uma sociedade obcecada pela juventude: os manequins jovens representam um ideal, apesar de as pessoas saberem que esse ideal não corresponde à realidade…