Última hora

Última hora

Novo escândalo pode atingir até 800 mil carros Volkswagem

Os ventos continuam a não soprar a favor da Volkswagen. Esta terça-feira a multinacional alemã informou que, na sequência de investigações internas

Em leitura:

Novo escândalo pode atingir até 800 mil carros Volkswagem

Tamanho do texto Aa Aa

Os ventos continuam a não soprar a favor da Volkswagen. Esta terça-feira a multinacional alemã informou que, na sequência de investigações internas, iniciadas depois de rebentar o escândalo nos EUA, foram encontradas “inconsistências por explicar” na determinação dos níveis de emissões de dióxido de carbono, situação que pode afetar cerca de 800 mil automóveis da marca, não se sabe de que modelos.

Uma “estimativa inicial” admite que os riscos económicos para a Volkswagen possam rondar os 2.000 milhões de euros a somar aos 6,5 mil milhões que o grupo tinha já posto de parte para cobrir os custos do escândalo das emissões.

Mais um duro golpe, também para Matthias Müller, o antigo homem forte da Porsche que assumiu os destinos da Volkswagen à pouco mais de um mês. Principalmente depois de, na segunda-feira, a Agência Ambiental norte-americana ter anunciado ter descoberto um sistema fraudulento em modelos de maior cilindrada do grupo, entre eles o Porsche Canyenne 2015 e o Audi A6 Quattro 2016, que enganavam os testes no que diz respeito à emissão de óxidos de azoto.

Em Portugal as vendas da Volkswagen caíram 3,2% em outubro, em comparação com o mesmo mês e 2014.