Última hora

Última hora

Filme perdido da Disney encontrado e restaurado no Reino Unido

Foi descoberto, no Reino Unido, um filme de animação dos estúdios da Disney, de 1928, que se pensava perdido. “Sleigh Bells” foi encontrado nos

Em leitura:

Filme perdido da Disney encontrado e restaurado no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

Foi descoberto, no Reino Unido, um filme de animação dos estúdios da Disney, de 1928, que se pensava perdido.

“Sleigh Bells” foi encontrado nos arquivos da cinemateca britânica e será exibido, numa versão restaurada, em Londres, em dezembro.

A película, com seis minutos de duração, tem como protagonista Oswald the Lucky Rabbit (Osvaldo o Coelho Sortudo, em tradução livre) que se supõe ser o protótipo do Rato Mickey.

A descoberta foi feita por um investigador que pesquisava no catálogo da cinemateca britânica, disponível na internet.

Em comunicado, o Instituto do Cinema do Reino Unido explica que Oswald foi idealizado por Walt Disney, em 1927, tem “uma personalidade traquina e rebelde” e possui umas orelhas compridas. O Instituto sublinha que há outros filmes que foram sobrevivendo às vicissitudes do tempo, contudo, “Sleigh Bells” esteve perdido e sem ser visto desde a data de estreia. O curador do Instituto do Cinema britânico, Robin Baker, afirma que “é um belo presente descobrir um filme de Walt Disney, depois de estar desaparecido tanto tempo” e “poder mostrá-lo a um público tão diferente” daquele de 1928, em plena época do cinema mudo.

O presidente dos estúdios Walt Disney, citado no comunicado, diz partilhar o mesmo entusiasmo. Andrew Millstein diz sentir-se “arrebatado por colaborar com o restauro do Oswald ‘perdido’ e por partilhar esta deliciosa descoberta animada com o público do Reino Unido, como parte deste programa natalício especial da Disney”.

O Instituto do Cinema do Reino Unido conta, ainda, que Walt Disney e o Ub Iwerks desenharam a animação para Oswald, criando depois o Rato Mickey, na sequência de um desentendimento contratual com a Universal Studios.

O filme foi restaurado em parceria com os estúdios de animação Walt Disney e vai ser exibido, pela primeira vez, depois de 87 anos, no dia 12 de dezembro em Londres.