Última hora

Última hora

Kosovo não consegue adesão à UNESCO

Uma “vitória diplomática” para Belgrado, uma “oportunidade falhada” para Pristina… A UNESCO rejeitou à justa, esta segunda-feira, a adesão do Kosovo

Em leitura:

Kosovo não consegue adesão à UNESCO

Tamanho do texto Aa Aa

Uma “vitória diplomática” para Belgrado, uma “oportunidade falhada” para Pristina… A UNESCO rejeitou à justa, esta segunda-feira, a adesão do Kosovo à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

As aspirações kosovares ficaram a três votos da maioria de dois terços necessária para validar a candidatura.

O Kosovo é membro do Banco Mundial, do FMI e do Comité Olímpico, mas as objeções da Sérvia têm dificultado a adesão a outras organizações.

Para o embaixador sérvio na UNESCO, foi “um triunfo da verdade e da virtude, um passo – talvez pequeno – na direção de sarar as relações internacionais”.

As autoridades kosovares exprimiram o descontentamento com o resultado do voto, mas prometem voltar a candidatar-se.

Em Pristina, a presidente kosovar afirmou que “a rejeição da UNESCO é uma oportunidade falhada para fazer avançar a visão, valores e objetivos da organização, bem como a sua promoção no Kosovo”.

O Kosovo declarou unilateralmente a independência da Sérvia em 2008, reconhecida atualmente por várias organizações internacionais e por 111 países, embora não a Rússia e a China, ambos membros do Conselho de Segurança da ONU.