Última hora

Em leitura:

The Corner: Golos holandeses e alemães, o "deserto" de Mourinho e as cantorias de CR7


the corner

The Corner: Golos holandeses e alemães, o "deserto" de Mourinho e as cantorias de CR7

As ligas holandesa, alemã, francesa, espanhola e inglesa voltam a estar, esta semana, em destaque no The Corner, o nosso magazine semanal de futebol. Em Portugal, Sporting, FC Porto e Benfica venceram, este fim de semana, as respetivas partidas na 10.a jornada do campeonato nacional. Os resultados mantém tudo na mesma no topo da classificação, com os “leões” a liderar e os “dragões” na perseguição, a quatro pontos. Já as “águias” apanharam o Rio ave e assumiram o terceiro lugar, pelos golos marcados.

Na Holanda, a 12.a jornada da “Eredivise” ficou marcada por um “clássico” da chamada “Eredivise”: O Feyenoord recebeu o líder Ajax. O golo de Van Beek pouco depois da meia hora abriu caminho a uma vitória que permitiria à equipa de Roterdão igualar o rival de Amesterdão no topo da classificação.

Na segunda parte, porém, com muita sorte à mistura, Davy Klaassen empatou e quem beneficiou da divisão de pontos na “banheira” de Roterdão foi o PSV de Eindhoven, que recebeu, venceu (3-1) o Utrecht e subiu ao segundo lugar da Liga holandesa.

Na Alemanha, o Borussia de Dortmund recebeu o Shalke 04 e abriu o marcador, por Shinji Kagawa, aos 30 minutos. Praticamente na resposta, 3 minutos volvidos, o holandês Klaas-Jan Huntellar empatou para os de Gelsenkirchen.

Ainda antes do intervalo, o alemão Matthias Ginter voltou a adiantar os anfitriões e, a abrir a segunda parte, Pierre-Emerick Aubameyang fez o 3-1. Huntellar bisou, aos 71 minutos, mas o Schalke não evitou a derrota.

Com o Bayern a golear (4-0) em casa o Estugarda, o Dormund venceu (3-2) e mantém-se isolado na segunda posição da “Bundesliga”, 5 pontos atrás dos bávaros. O Schalke foi apanhado no 4.° lugar pelo Hertha de Berlim, com o Wolfsburgo, de Vieirinha, a manter a terceira posição apesar da derrota (2-0) no terreno do Mainz.

(veja os golos no vídeo no topo da página)

Ases & aselhas da semana

Nos Ases & Aselhas da semana, voltamos a ter um português já recorrente nesta lista e de novo pela negativa. Primeiro, o Paris Saint Germain. Os campeões gauleses ainda não perderam esta época na Liga francesa. Este fim de semana, na 13.a jornada, a equipa de Laurent Blanc recebeu e goleou o Toulouse, por 5-0, com o argentino ex-Benfica Angel Di Maria a abrir o marcador e o sueco Zlatan Ibrahimovic a bisar.

O Lyon, de Anthony Lopes, ganhou ao Saint Ettienne, por 3-1, no último dérbi “Rhonealpin” jogado no Estádio de Gerlaind (em janeiro, o OL muda de casa), e é segundo.

O Mónaco, de Leonardo Jardim e da “armada portuguesa” (João Moutinho, Ricardo Carvalho, Ivan Cavaleiro, Bernardo Silva, Fábio Coentrão, Rony Lopes e Hélder Costa), perdeu (3-1) em Bordéus e segue no 9.° lugar, a 18 pontos do PSG, o líder da “Ligue 1”.

Na mó de baixo está o Real Madrid. A equipa de Cristiano Ronaldo e Pepe (ambos titulares) visitou Sevilha e até começou a ganhar, com um golo de Sérgio Ramos, aos 22 minutos. Os andaluzes, sem portugueses no “11”, deram a volta ao marcador e acabaram por ganhar 3-2, com os “merengues” a reduzir já nos descontos por Jesé.

O Barcelona venceu em casa o Villarreal, por 3-0, com um bis de Neymar, incluindo uma “ode ao futebol” a fechar o marcador, e subiu à liderança da Liga espanhola.

Em Inglaterra, Mourinho continua com grandes dificuldades para reencontrar a receita dos triunfos. De visita ao Stoke City, o campeão Chelsea sofreu a terceira derrota consecutiva na Liga inglesa — a 7.a em 12 jornadas — e está apenas 3 pontos acima dos lugares de descida. O líder é o Manchester City, que nesta jornada empatou (0-0) na visita ao Aston Villa, mas segue com mais 15 pontos que os “Blues” e em igualdade pontual com o Arsenal, que também empatou (1-1), mas em casa, no dérbi com o Tottenham.

O Southampton, com José Fonte a titular e Cédric no banco, venceu (0-1) no terreno do Sunderland e é 7.° classificado. O Swansea, com Éder a entrar perto do final, perdeu (1-0) em Norwich, deixou fugir o Stoke city e é 14.°.

A caminho do Euro2016 recuamos a 1976

Na caminhada histórica rumo ao Euro 2016, que se joga daqui a a alguns meses em França, esta semana recuamos quase 40 anos. Vamos recordar o campeão da 5.a edição do Europeu de futebol.

A fase final do Euro de 1976 jogou-se na Jugoslávia e, para lá dos anfitriões, estiveram presentes a então República Federal da Alemanha (RFA), a também ainda existente Checoslováquia e a estreante na competição Holanda, de Johan Cruujff.

Nas meias-finais, a “laranja mecânica”, então vice-campeã do Mundo e em processo de afirmação do chamado “futebol total”, foi derrotada pelos checoslovacos, por 3-1, após prolongamento.

Na final, a Checoslováquia enfrentou a campeã do mundo, a RFA, e venceu nos penáltis, com um golo que fez a história e do qual falaremos mais em detalhe na próxima edição do The Corner.

#TheCornerScores, a bola de cristal da euronews

A bola de cristal da nossa equipa de desporto continua a atirar prognósticos ao lado, mas nós não lhe viramos costas. Esta semana, focamo-nos nos jogos da primeira mão dos “playoff” que vão ditar as derradeiras quatro seleções a completar o quadro de 24 equipas que vão competir em junho pelo título europeu de futebol.

Com Portugal já apurado e bem instalado no pote 1, o dos cabeças de série, os duelos destes “playoff” integram 3 equipas nórdicas, duas antigas repúblicas da Jugoslávia, uma antiga república soviética mais a Irlanda e a Hungria.

 

As previsões da nossa bola de cristal

Noruega -- Hungria, 2-1 (12 de novembro, Oslo);
Bósnia-Herzegovina -- Irlanda, 0-0 (13 de novembro, Zenica);
Ucrânia -- Eslovénia, 2-0 (14 de novembro, Lviv);
Suécia -- Dinamarca, 1-1 (Solna).

Se não concorda com as nossas previsões e pensa que pode ficar mais perto, ou até acertar mesmo nos resultados, não hesite, entre nas nossas redes sociais e partilhe as suas previsões, juntando à sua aposta a “hashtag” #TheCornerScores. Pode até arriscar, se quiser, nos resultados que Portugal vai conseguir fazer nos jogos particulares diante da Rússia, no sábado, e do Luxemburgo, na terça-feira.

O vídeo da semana com Cristiano Ronaldo

Já sabíamos que Cristiano Ronaldo é muito bom de bola, mas agora parece que o capitão da seleção portuguesa está também apostado em brilhar na música. Depois do “play back” no novo tema de Julio Iglésias, agora o melhor futebolista do mundo surgiu a interpretar uma música de Rihanna.

O vídeo faz parte do documentário sobre a vida de Cristiano Ronaldo, realizado pelo premiado Anthony Wonke, lançado esta semana. O documentário pôde ser visto esta segunda-feira em mais de 300 salas de cinema de todo o mundo e foi já lançado em 75 países em formato de DVD e Blu-Ray. O vídeo de Cristiano Ronaldo a cantar Rihanna pode ser visto no final da edição desta semana do The Corner. Vale bem a pena.

(“Segue o teu sonho, trabalha duro e acredita.”)