Última hora

Última hora

México: Um arqueólogo na pista do túmulo perdido dos reis aztecas

A arqueologia mexicana poderá estar à beira de encontrar o túmulo desaparecido dos reis aztecas. Um investigador afirma ter encontrado um túnel

Em leitura:

México: Um arqueólogo na pista do túmulo perdido dos reis aztecas

Tamanho do texto Aa Aa

A arqueologia mexicana poderá estar à beira de encontrar o túmulo desaparecido dos reis aztecas.

Um investigador afirma ter encontrado um túnel subterrâneo que poderá conduzir a duas câmaras funerárias, sob as ruínas do Templo Mayor, o centro da vida religiosa azteca, nas entranhas da capital mexicana.

Segundo o autor da descoberta, o arqueólogo, Leonardo Lopez Lujan:

“Se a nossa hipótese estiver correta, seria uma grande descoberta, pois até hoje não descobrimos nenhum túmulo de um rei azteca, ao contrário de outras sepulturas de diferentes civilizações pré-colombianas”.

O túnel de oito metros de comprimento e um metro e meio de altura foi descoberto sobre uma plataforma circular – o Cuauhxicalc – onde se realizavam as cerimónias funerárias dos monarcas aztecas.

Os arqueólogos tinham já descoberto no local dois crâneos de crianças e vários restos mortais utilizados nos sacrifícios rituais.

As escavações na zona deverão iniciar-se no próximo ano, quando uma pista similar tinha-se revelado inconclusiva, após análises de radar, em 2007.