Última hora

Última hora

Iraque: PM afirma que 2016 será o ano da derrota do grupo Estado Islâmico

Em Ramadi a bandeira iraquiana já voa do alto do complexo do governo central. Tratou-se de um momento importante para as forças iraquianas, treinadas

Em leitura:

Iraque: PM afirma que 2016 será o ano da derrota do grupo Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Em Ramadi a bandeira iraquiana já voa do alto do complexo do governo central.

Point of view

"Se 2015 foi o ano da libertação, 2016, se Deus quiser, será o ano da grande vitória e da vitória final e do fim da presença do grupo Estado Islâmico em solo iraquiano" - Haider al-Abadi, primeiro-ministro do Iraque

Tratou-se de um momento importante para as forças iraquianas, treinadas pelos Estados Unidos, que recuperaram a cidade capturada pelo grupo extremista Estado Islâmico em maio passado.

Ramadi é a capital da província sunita de Al-Anbar.

O primeiro-ministro iraquiano assinalou o momento e traçou planos para o futuro.

“Se 2015 foi o ano da libertação, 2016, se Deus quiser, será o ano da grande vitória e da vitória final e do fim da presença do grupo Estado Islâmico em solo iraquiano e da sua enorme derrota”, adiantou Haider al-Abadi, primeiro-ministro do Iraque.

A ofensiva militar iraquiana contra Ramadi teve início na semana passada. Esta segunda-feira, a cidade foi declarada como estando sob controlo iraquiano.

Estão agora em curso operações de limpeza da cidade, nomeadamente a eliminação de bolsas de resistência.

A cidade de Mosul no norte do Iraque permanece sob controlo do grupo extremista Estado Islâmico.