Última hora

Última hora

Irão: Centenas protestam contra a Arábia Saudita

Centenas de iranianos manifestaram-se, esta segunda-feira, em Teerão em protesto contra a execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr, pela Arábia

Em leitura:

Irão: Centenas protestam contra a Arábia Saudita

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de iranianos manifestaram-se, esta segunda-feira, em Teerão em protesto contra a execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr, pela Arábia Saudita.

Durante o protesto, os manifestantes gritaram, ainda, palavras de ordem contra Israel e contra os Estados Unidos da América.

Para os iranianos, o corte das relações diplomáticas não prejudica o país.

“O futuro das relações com a Arábia Saudita não importa. Na verdade, a Arábia Saudita devia dar-se por contente por manter relações com o nosso país pois o Irão é a potência económica e política da região. Se cortam relações, é a Arábia Saudita que vai sair prejudicada”, assegura uma iraniana.

“As pessoas estão aborrecidas com a família real Al-Saud pela morte dos nossos compatriotas em Mina e do bem-aventurado mártir e, também, pelos últimos anos. O nosso povo tem más recordações dos Al-Saud. Está cansado e só quer gritar isso bem alto”, afirma um dos manifestantes.

Para o correspondente da euronews em Teerão, Javad Montazeri, “parece que a crise no Médio Oriente vai piorar caso o Irão e a Arábia Saudita fechem as portas diplomáticas. Isso vai repercutir-se na Síria, Iraque e no Iémen.”