This content is not available in your region

Bomba H deverá deflagrar novas sanções contra Pyongyang

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Bomba H deverá deflagrar novas sanções contra Pyongyang

<p>O quarto ensaio nuclear da Coreia do Norte, desta vez com uma alegada bomba H, volta a relançar a máquina das sanções internacionais. </p> <p>Japão e Estados Unidos convocaram uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da <span class="caps">ONU</span> para esta tarde, enquanto a vizinha Coreia do Sul elevou o nível da alerta das suas forças armadas.</p> <p>Em Tóquio, o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe condenou a ação de Pyongyang, “trata-se de uma séria ameaça à segurança do nosso país e não pode ser tolerada. O Japão vai responder com determinação, no conselho de segurança da <span class="caps">ONU</span>, juntamente com os Estados Unidos, Coreia do sul, China e Rússia”.</p> <p>O ensaio nuclear ocorre num momento em que Pyongyang se encontra mais isolada que nunca, depois de várias fricções com a aliada China e deverá fazer implodir todos os esforços recentes para a retoma do diálogo de paz entre as duas Coreias.</p> <p>Face à iminência de novas sanções contra o regime norte-coreano vários analistas sublinham a ineficácia das anteriores resoluções da <span class="caps">ONU</span> em travar o programa nuclear do país.</p>