Última hora

Última hora

Incêndio no sudoeste da Austrália ameaça novas localidades

As imagens aéreas mostram o que restou da localidade de Yarloop, no sudoeste da Austrália. O incêndio florestal que lavra a cerca de 120 quilómetros

Em leitura:

Incêndio no sudoeste da Austrália ameaça novas localidades

Tamanho do texto Aa Aa

As imagens aéreas mostram o que restou da localidade de Yarloop, no sudoeste da Austrália.

O incêndio florestal que lavra a cerca de 120 quilómetros de Perth já destruiu perto de uma centena de habitações e mais de 50 mil hectares agrícolas.

As chamas ameaçam agora estender-se a outras localidades.

“O incêndio ainda não está controlado. Na noite de quinta-feira as chamas tiveram um grande impacto em Yarloop. Tudo indica que 95 casas foram consumidas pelas chamas, bem como, um levado número de estruturas no centro da localidade” refere Wayne Gregson, responsável pela proteção civil.

Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas. Três outras dadas como desaparecidas foram, entretanto, encontradas e estão bem de saúde. Mas para muitos esta é uma ferida que vai precisar de tempo para cicatrizar.

“Ouvi dizer esta manhã que quase tudo tinha desaparecido em Yarloop até mesmo a minha casa, a dos meus vizinhos e as habitações da maioria das pessoas da nossa comunidade. Desapareceu tudo” refere uma habitante de Yarloop.

As elevadas temperaturas registadas, ao longo dos últimos anos, durante o verão austral têm contribuído para o aumento do número de incêndios. 2009 entrou para a história como um dos anos mais negros vividos na Austrália por causa dos incêndios. 173 pessoas morreram e meio milhão de hectares de floresta foram consumidos pelas chamas.