This content is not available in your region

EUA: Obama insiste na mudança

Access to the comments Comentários
De  Euronews
EUA: Obama insiste na mudança

<p>Um apelo à mudança e à esperança – No derradeiro discurso sobre o estado da Nação, no congresso norte-americano, Barack Obama defendeu o legado e falou do presente e do futuro.</p> <p>Também não deixou de lado críticas indiretas ao candidato presidencial republicano Donald Trump.</p> <p>“Quando os políticos insultam muçulmanos, seja no estrangeiro ou sejam nossos concidadãos, quando uma mesquita é vandalizada, ou chamam nomes a crianças, isso não nos torna mais seguros”, disse.</p> <p>O presidente dos Estados Unidos quer mudanças e a reparação dos problemas internos da América e dos americanos. </p> <p>“Vou continuar a puxar pelo progresso no trabalho que ainda não está concluído, a reparar o sistema de imigração, a proteger os nossos filhos da violência das armas, remunerações idênticas para o mesmo trabalho e o aumento do salário mínimo. Tudo isto interessa às famílias que trabalham duro”, declarou. </p> <blockquote class="twitter-tweet" lang="en"><p lang="en" dir="ltr">I'm treating this last State of the Union just like my first – because I'm still just as hungry. I hope you tune in, because it's for you.</p>— President Obama (@POTUS) <a href="https://twitter.com/POTUS/status/687081708886355968">January 13, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Com pouco tempo para concluir áreas espinhosas, como o encerramento da prisão de Guantánamo, Obama quer ainda resolver alguns assuntos antes de deixar a Casa Branca.</p>