Última hora

Última hora

China e Irão na "rota da seda" após fim das sanções

A China e o Irão estreitam os laços comerciais, uma semana depois da entrada em vigor do acordo sobre o programa nuclear iraniano. O presidente Xi

Em leitura:

China e Irão na "rota da seda" após fim das sanções

Tamanho do texto Aa Aa

A China e o Irão estreitam os laços comerciais, uma semana depois da entrada em vigor do acordo sobre o programa nuclear iraniano.

O presidente Xi Jiping deslocou-se este sábado a Teerão, durante aquela que é a primeira visita de um chefe de Estado chinês ao país nos últimos 14 anos.

Acompanhado de três vice-ministros e seis ministros, Xi e Hassan Rohani assinaram 17 acordos bilaterais, em várias áreas, incluindo a da energia nuclear.

“Discutimos as relações estratégicas entre os dois países, nomeadamente com a assinatura de acordos para os próximos 25 anos que prevê um estreitamento de relações na próxima década. Decidimos aumentar as trocas comerciais até 600 mil milhões de dólares”.

Uma semana após o levantamento parcial das sanções internacionais, China e Irão esperam assim multiplicar por mais de dez o atual valor das trocas bilaterais, com a criação de uma nova “rota da seda” para os transportes marítimos entre os dois países.

Xi e Rohani discutiram ainda questões como a luta contra o terrorismo ou a situação na Síria e no Iémen, com o presidente chinês a saudar o papel de Teerão, aliado de Bashar Al-Assad e dos rebeldes houtis do Iémen.