Última hora

Última hora

Os dois amores de Nasser Al Attiyah

Nasser Al Attiyah é um homem de dois amores. Duas semanas depois de terminar o Dakar na segunda posição, o catari trocou o rali raid e as estradas de

Em leitura:

Os dois amores de Nasser Al Attiyah

Tamanho do texto Aa Aa

Nasser Al Attiyah é um homem de dois amores. Duas semanas depois de terminar o Dakar na segunda posição, o catari trocou o rali raid e as estradas de terra batida de Argentina e Bolívia pelos Campeonatos Asiáticos de Tiro, em Nova Deli, para tentar alcançar a sexta presença consecutiva nos Jogos Olímpicos.

Nem com o passar do tempo Al Attiyah consegue escolher uma modalidade preferida: “Ambos os desportos são bastante importantes para mim, tenho uma grande paixão pelo rali e pelo tiro. Já tinha este sonho há muito tempo, ser campeão em ambas as modalidades. Fico satisfeito com aquilo que alcancei.”

Apesar da medalha de bronze alcançada em Londres, desta vez o sonho olímpico terminou prematuramente. Al Attiyah não foi além do 12º lugar na fase de qualificação e foi incapaz de carimbar o passaporte para o Rio de Janeiro.