Última hora

Bósnia: Protesto contra proibição do véu islâmico

Cerca de duas mil pessoas protestaram nas ruas de Sarajevo para contestar a recente proibição do uso do hijab nas instituições judiciais da

Em leitura:

Bósnia: Protesto contra proibição do véu islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de duas mil pessoas protestaram nas ruas de Sarajevo para contestar a recente proibição do uso do hijab nas instituições judiciais da Bósnia-Herzegovina.

Num país em que a maior comunidade é a muçulmana, esta foi a reação depois do Alto Conselho de Judicial ter interditado o uso de símbolos religiosos, sem especificar o véu islâmico.

“O meu hijab é tudo, é a minha vida, o meu orgulho, a minha crença – o meu amor por alá”, diz uma manifestante.

Um dos organizadores da manifestação explica que querem “apoiar uma sociedade livre e democrática em que é possível nos vestirmos como Michael Jackson ou ficarmos totalmente nus enquanto nos exercitamos em casa à janela. Da mesma maneira, devemos ter o direito de cobrir a cabeça com o véu e nos vestirmos da forma que pretendermos.”

Os muçulmanos da Bósnia, uma comunidade considerada moderada, representam 40 % dos quase 4 milhões de habitantes, os restantes são cristãos ortodoxos, ou católicos.

O véu islâmico era proibido durante o regime comunista da ex-Jugoslávia.